ALICE

"Hoje sei que não podia ter tomado melhor decisão, na verdade soube-o poucos dias depois de ter trazido a doce Alice para as nossas vidas." 
A Alice pelas palavras da Raquel :)


"Já sonhava com a Alice muito antes de ela aparecer nas nossas vidas.

A vida cá em casa já era doce, eu tinha quem me aquecesse os pés nas tardes de inverno que passava no sofá e quem me recebesse à porta com mimos. O meu gato preto, com já 10 anos era um velhote bonito que já não fazia muito para além de comer e dormir, e eu, apesar de saber que a adaptação poderia ser complicada, sabia que ele precisava de mais energia na vida dele, de mais alegria, e de mais companhia que não fosse a minha.

Por tudo isto, decidi que era o momento certo para adoptar outro patudo, tinha espaço em casa e no coração. Não quis escolher cor nem olhinhos, queria acolher um gato que precisasse de um lar, e por isso a escolha não foi difícil nem demorada.
Enviaram-me uma fotografia da Alice, com este ar arrebitado que ainda hoje tem, e eu apaixonei-me na hora. Decidi não pensar mais e trouxe-a para casa com ainda 2 meses.

(A Alice quando era pequenina, pelo >>We Blog You<< )

O medo foi muito e a ajuda que tive preciosa. Não queria que o meu velhote se sentisse mal com a chegada da pequena, ela vinha para o ajudar, e não queria que ela tivesse medo dos 10Kg de gato que ali tinha à frente, queria dar-lhe uma vida melhor. A aproximação foi por isso feita gradualmente, durante alguns dias para que tudo fosse mais calmo e pouco stressante para os dois. Tive ajuda e dicas das meninas do blog >>das patas à cabeça<< e as coisas não podiam ter corrido melhor.

A Alice mostrou ser a gata mais persistente e amorosa de sempre. Ignorou o mau humor do Preto, o gato mais velho, e presenteava-o sempre com beijinhos e com conchinha na hora das sestas. Não sei se ele preferia dormir sozinho mas a verdade é que nunca foi indelicado e sempre partilhou o pouco espaço que lhe sobrava na cama.







(Fotomontagem gentilmente cedida pela Raquel, retratando a Alice e o seu novo irmão e companheiro de sestinhas, o Preto...ou Bubas :3 )

Ele também foi um doce porque, apesar de ter quem lhe tirasse o sossego, respeitou o facto de ter uma criança pequena ali ao lado e não lhe fez mal, foi aturando a chata. Aprendeu a partilhar taça de comida, caixa de areia e água com a mais nova, não porque não houvesse uma para cada um, mas porque ela insistia em usar tudo o que era dele, em troca ganhou uns bons banhos dados pela Alice e boa conversa, porque ela é a gata mais faladora que conhecemos.

Eu tenho dois gatos muito, mas mesmo muito diferentes e esta diferença de feitios, e de pesos, só faz com que as coisas cá em casa sejam mais animadas. Tenho um senhor preto, e uma cachopa espevitada, e eu sou apaixonada por eles e não imagino a minha vida sem estes dois.

(Na conta de instagram da Raquel, podem encontrar imensas fotos bonitas do Preto (Bubas) e da Alice. Escolhemos estas três :3 @a_raquel_ja_tem_instagram )


Hoje sei que não podia ter tomado melhor decisão, na verdade soube-o poucos dias depois de ter trazido a doce Alice para as nossas vidas. Apesar de ainda se chatearem umas vezes, sei que já não passavam um sem o outro. O Bubas ganhou uma companheira nas corridas que não fazia, e umas massagens jeitosas várias vezes ao dia, deixou de ser tão carente porque agora nunca fica sozinho em casa, tem sempre outras 4 patas ao lado dele, e mais uma língua para lavar as orelhas :)

* A Alice parece tímida nas fotos porque não foram feitas em casa, aconteceram numa visita à clínica mais bonita do Porto ;)"

Raquel


(As fotos de que a Raquel fala são as que usámos ao longo da semana para vos contar mais coisas sobre gatos. Nós achamos que a Alice estava muito bem :3 )

Língua de Gato - Clínica Veterinária 
Av. Rodrigues de Freitas 107 Porto


Contacto 225361324 Urgências 968746630

Sem comentários:

Enviar um comentário