"BIGODES"


Os "bigodes" (ou vibrissas) dos gatos são comummente associados à restante pelagem e por essa razão, aparados ou cortados causando distúrbios na rotina, equilíbrio e humor.
Neste artigo, a Zara vai explicar o que são, como se comportam e o que representam para a vida dos gatos :3



Morfologia dos "Bigodes"

 - são receptores tácteis (ou pêlos sensoriais), conectados aos sistemas nervoso e muscular

 - enviam informações sobre o espaço onde se encontram (distância, altura, temperatura, etc...)

 - funcionam quase como um radar, ajudando o gato a detectar e responder rapidamente a alterações


Contrariamente ao que se assume, os "bigodes" (que na realidade não o são) não se encontram exclusivamente em redor da boca e nariz, mas também na zona equivalente às nossas sobrancelhas, na linha do queixo (maxilar inferior) e atrás das patas dianteiras.

Nas extremidades dos pêlos tácteis, os gatos possuem um órgão sensorial, chamado proprioceptor - um receptor que permite a percepção da posição, deslocamento, equilíbrio, peso e distribuição do próprio corpo e das suas partes.

Sem "bigodes", o gato perde o equilíbrio, fica desorientado e até assustado.
Da mesma forma que usamos as pontas dos dedos para nos orientarmos no escuro ou como alerta para situações potencialmente perigosas, os gatos servem-se dos seus "bigodes".

É importantíssimo referir que NUNCA se deverá cortar estes pêlos aos gatos.










Além de lhe permitir avaliar se caberá ou não, passará ou não naquele espaço minúsculo, também consegue captar vibrações pelo ar, ajudando grandemente quando se encontra em modo caça!

Os "bigodes" também falam...

Podemos avaliar a disposição do nosso gato através de muitos sinais corporais e os "bigodes" não fogem à regra.

Imóveis - O mais provável é o seu gato estar em repouso ou muito tranquilo.

Achatados contra a face - É possível que o gato esteja assustado com qualquer coisa.

Apontar para a frente - Experimente brincar com o seu gato com um brinquedo de caça (por exemplo, uma varinha com um isco na ponta). "Bigodes" a apontar para a frente geralmente indicam que está na hora da "caça"!

(Quando o gato fica demasiado assustado, todos os pêlos do corpo se eriçam e o panterinha parece mais um peixe-palhaço, os "bigodes" irão acompanhar esse movimento.)


Em resumo, os "bigodes" são vitais para a mobilidade e segurança do gato. 
Não podemos deixar de reiterar que não se deve aparar, cortar ou arrancar os principais responsáveis pela agilidade e equilíbrio dos felinos!
Sem eles, o YouTube não tinha metade da piada ;)



Este texto foi escrito com base no artigo do site >>PetMD<< sobre "Cat Whiskers" ;)


Alguns conceitos:

pro·pri·o·cep·tor |èt| 
(inglês proprioceptor)

substantivo masculino
1. Receptor ou órgão que permite a percepção da posiçãodeslocamentoequilíbriopeso e distribuição do próprio corpo e das suas partes.

adjectivo
2. Relativo a propriocepção (ex.: actividade proprioceptora). = PROPRIOCEPTIVO

"proprioceptor", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, http://www.priberam.pt/dlpo/proprioceptor [consultado em 04-11-2015].


Propriocepção também denominada como cinestesia, é o termo utilizado para nomear a capacidade em reconhecer a localização espacial do corpo, sua posição e orientação, a força exercida pelos músculos e a posição de cada parte do corpo em relação às demais, sem utilizar a visão. Este tipo específico de percepção permite a manutenção do equilíbrio postural e a realização de diversas atividades práticas.

in Wikipédia 
https://pt.wikipedia.org/wiki/Propriocep%C3%A7%C3%A3o

Língua de Gato - Clínica Veterinária 
Av. Rodrigues de Freitas 107 Porto


Contacto 225361324 Urgências 968746630

Sem comentários:

Enviar um comentário