FRENCH BULLDOG


O Trevor é a mascote da semana e vem trazer alguns factos e curiosidades sobre a sua raça:
French Bulldog ou Buldogue Francês.
Mas descobrimos que afinal a raça nasce durante a Revolução Industrial em Inglaterra no séc. XIX...vamos já clarificar tudo!

Estima-se que as trabalhadoras de fábricas no séc. XIX queriam um cão de companhia e, de forma a terem as melhores características para tal função, cruzaram English Bulldog pequenos com Pug e Terrier. (Só posteriormente, quando os trabalhadores fabris se mudaram para França e levaram os seus patudos, nasce a denominação "French Bulldog".)


O resultado é esta versão mais pequena do Buldogue Inglês, igualmente simpático e bem disposto, de olhos redondos como os do Pug e de orelhas pontiagudas como os Terrier. O French Bulldog!



 Características Predominantes

- Tal como o "parente" Inglês, o Buldogue é um cão extremamente sociável, que requer pouca actividade física. Óptimo cão de companhia, dá-se bem com outros animais e não ladra muito.
Ou seja, perfeito para apartamento.

- Por terem uma cabeça tão volumosa, os Frenchies não são bons nadadores.
Aconselha-se atenção a quem possa ter ou viver perto de piscinas descobertas ou cursos de água!

- A sua constituição física impede-os de se reproduzirem normalmente. A metade dianteira, sendo mais volumosa que a traseira, dificulta tanto a concepção como o parto.
Tendo de recorrer à inseminação artificial e cesariana para nascimentos (na maioria das vezes), é uma raça que à partida necessita de mais cuidados (e gastos) pelos criadores e compradores.

- Por ter pêlo curto, pele sensível e por ser um >>cão braquicéfalo<<, requer atenção ao clima. Demasiado frio terá de ser combatido com agasalhos e dever-se-á evitar as horas de maior calor.

- Encontram-se Buldogues Franceses de várias cores: preto, branco, castanho, tigrado...

- Também apelidados de "Frog Dogs" (ou cães-rã) pela posição que adoptam quando se deitam, de pernas esticadas para trás :)



Treino

- Apesar de serem muito simpáticos, os Frenchies podem ser muito teimosos, pelo que é necessário uma dose grande de paciência e treino desde muito jovem para ensinar os comandos essenciais (senta, fica, deita...)

- Respondem melhor a reforço positivo e encorajamento. Repreender um French Bulldog pode não ser o melhor método de treino, sob pena de ele ficar amuado pelos cantos da casa.

Tente ser firme mas dócil com o seu patudo. Terá mais sucesso dessa forma!
E não é exclusivo para um cão desta raça ;)


Sem comentários:

Enviar um comentário