CELESTE



A história da Celeste, pela Filipa :3

A pequena Celeste nasceu em fevereiro de 2014 e era a mais arisca da ninhada, contou-me o Vicente, o dono da Kika, mãe dos pequenos.


A Celeste, chegou cá a casa no mês de abril do mesmo ano, e começou logo a espalhar um charminho. 



Desde cedo mostrou-se muito educada, com conhecimentos avançados na área de fazer covinhas na areia. Deixou-me impressionada! 



Ela gostava muito de lamber as minhas bochechas quando era pequenina. Com a adolescência deixou de o fazer! Não é por isso que deixa de ser menos adorável. 



Agora só ela recebe o mimo.






A Celeste é muito fã de me impedir de escrever ou desenhar: vem aninhar-se, sempre que tem oportunidade, entre os meus braços, em cima do papel ou até em cima do teclado, só porque pode. 

Quem se opõe quando isso acontece? Ninguém. 


Eu permito-o, porque ela dá aquele olharzinho que nós sabemos.



Quando não está empenhada a interromper-me o trabalho, passa as tardes à janela. 

A fazer de conta que está a controlar os pombos e seu tráfego aéreo. E assim, desta janela não há pombo que se aproxime. 


No entanto, acho que a rua santa catarina aqui no porto fica mais bonita com ela à janela. 

Quem passa na rua concorda!!

Sem comentários:

Enviar um comentário